Polyorganic fortalece solução para detergente em pó

Uma tecnologia para detergentes em pó que vinha de encontro à legislação brasileira (Resolução Conama 359) sobre a redução de fosfatos nestes itens. Segundo o diretor comercial Mauro Majerowicz, essa matéria-prima (carbonato de sódio, disilicato de sódio e água) proporciona benefícios ao produto final e ao meio ambiente (possui selo verde na Europa). E agora pode ser o momento para seu crescimento. “Atualmente, há uma crise de derivados de fósforo”, diz o executivo. “A única fábrica de tripolifosfato no Brasil (Copebrás) foi fechada e o mercado está dependente de produto importado, principalmente chinês, com sérios problemas de qualidade”, acrescenta.

Nestes dois anos, conta o diretor, o produto fez sucesso entre clientes institucionais, “que procuraram alternativas ecologicamente corretas, apesar do custo na época ser próximo ou ligeiramente superior às formulações tradicionais”. “Hoje, a relação custo beneficio é extremante atraente”, conclui. De acordo com Majerowicz, o produto é acessível a empresa de qualquer porte. “Os preços dos derivados de fósforo estão sem controle, devido a fechamento de fabricadas de insumos básicos na China e a proximidade dos jogos olímpicos (restrição de transporte interno e exportação)”, comenta. O produto também pode substituir metassilicatos em detergentes para máquinas automáticas de lavar louças e neste caso evita “corrosão” de impressos e decorações aplicadas a peças de vidro e cerâmica. [25/6/2008 ] Fonte: www.freedom.inf.br

Fonte: www.freedom.inf.br

Solicite sua Cotação

Respondemos em até 24h.


Reader Interactions