Como Fabricar Amaciantes com Melhor Toque de Maciez

Amaciantes-toque-maciez

Mesmo neste período de crise econômica, os amaciantes continuam em forte crescimento no Brasil devido ao aumento do setor têxtil e lavanderias institucionais e domiciliares.

Fabricantes de produtos finais e de insumos estão otimistas e continuam a fortalecer o segmento nesses setores. Uma prova disso são os lançamentos contínuos das empresas e os números do mercado.

Nos últimos 10 anos, o faturamento do segmento de amaciantes mais que dobrou no Brasil, segundo dados divulgados pela Abipla – Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza e Afins e pela Nielsen. Desde 2009, o grupo desse tipo de produto fatura acima de R$1 bilhão. No último ano, os amaciantes quase bateram a casa dos R$ 2 bilhões, faturando cerca de R$ 1,92 bilhão, segundo dados da Nielsen.

Nos cinco anos anteriores a esse período, de 2006 a 2010, os amaciantes haviam crescido 35,2% em faturamento, segundo o anuário da Abipla de 2011. Em 2006, o faturamento atingiu R$ 838,6 milhões. Em volume, naquele período, a variação tinha sido de 14,4%. (ABIPLA 2012)

O amaciante tem firmado sua importância nos lares brasileiros devido às características que remetem a experiências sensoriais e ao bem-estar. Em 2011, o consumo per capita do produto foi de 3,06 litros. Em faturamento, a representatividade da categoria repercutiu num crescimento de 4,8% ao ano e 32,7% na variação de 2007 a 2011. Os investimentos da indústria para esta categoria estão voltados às novas fragrâncias e aos produtos que mantenham o perfume e a maciez por mais tempo. (ABIPLA 2012)

As empresas líderes desse segmento fortaleceram seus portfólios durante todo o ano passado em busca incessante de inovações que as distinguissem no mercado. Umas das medidas adotadas foi o apelo para questões de sustentabilidade e potencialização no toque de maciez dos tecidos.

Um destaque maior dessas companhias veio com uma nova linha para roupas de bebês e de pessoas com pele sensível. De acordo com especialistas, o produto aproveita um espaço do mercado, “até então pouco explorado no País”, rompendo o mito de que não se pode usar amaciante em roupas de bebê, pois trata-se de um produto hipoalergênico e dermatologicamente testado.

Outro diferencial dessas empresas que despontaram na produção de amaciantes, emergentes desde os últimos anos, é o lançamento de formulações compostas por “cápsulas de perfumes ultrarresistentes”, que vão liberando o cheiro de acordo com o movimento – do corpo de quem usa as roupas lavadas com o produto ou o toque nos tecidos. Esses produtos possuem um tensoativo biodegradável, com propriedades antiestáticas, capacidade maior de umectação dos tecidos e maciez sem amarelamento das fibras.

A Polyorganic não fornece tais cápsulas mas dispõe de grandes parceiros e conhecimentos técnicos para potencializar esses efeitos.

Inovações sustentáveis no setor Têxtil e Lavanderias

Muito se fala sobre sustentabilidade, mas pouco se aplica, no dia-a-dia, essas questões.

Diante dessas dificuldades encontradas no mercado hoje, a Polyorganic buscou matérias-primas de primeira linha para abranger essas a sustentabilidade e atender esse mercado com produtos ecologicamente corretos. Indicamos como carro chefe para esse segmento, o Polysoft TEQ 90.

O Polysoft TEQ 90 é um quaternário a base de óleo de palma que proporciona vantagens ecológicas ao produto, frente aos quaternários a base de sebo. Recomendado como ativo em formulações de amaciante têxtil, para aplicação doméstica e lavanderias industriais.

Possui características catiônicas interagindo com as superfícies carregadas das fibras têxteis que compõem a maioria dos tecidos, aderindo nas fibras dos tecidos, repelindo-as umas das outras por meio de um diferencial de carga, proporcionando uma sensação final de maciez e aumentando o tempo de vida útil dos tecidos naturais e sintéticos.

Pode ser facilmente formulado e estabilizado em altas concentrações, dissolve facilmente em água e possui boa degradabilidade e é comumente utilizado nas dosagens entre 3,0 a 7,0%, adicionado na formulação final do amaciante têxtil.

Segue sugestão sustentável, ecologicamente correta, de fórmula para base amaciante e amaciante final, com algumas de nossas matérias-primas envolvidas no processo:

COMPONENTES

ITEM

MATÉRIA-PRIMA

% P/P

01

Álcool Cetoestearílico

35

02

POLYSOFT TEQ 90

7,0

03

Álcool Anidro

15

04

Poly AE 101

0,5

05

POLYBAC 8D

0,2

06

Polydisperse H1

0,2

07

Poly RM 55

2,0

08

Água

Q.s.p. 100 %

Processo de Fabricação

a) Com agitação lenta adicionar o item 05 e item 04 em Água (item 08);

b) Em seguida adicionar o item 06;

c) Adicionar o item 08 mantendo a agitação lenta;

d) Adicionar item 01 lentamente;

e) Adicionar item 02 também lentamente;

f) Por ultimo adicionar item 03 e continuar agitação até completa homogeneização da pasta.

Recomenda-se utilizar 3% desta base para fabricação do amaciante, incluindo fragrâncias, corantes, biocida e anti-espumante. Vide sugestão de fórmula para amaciante final a seguir:

COMPONENTES

ITEM

MATÉRIA-PRIMA

% P/P

01

Base Amaciante (fórmula acima)

3,0

02

Poly AE 101

0,35

03

Polybac 8D

0,2

04

Fragrância

Suficiente

05

Corante

Suficiente

06

Água

Q.s p/ 100

Processo de Fabricação

a) Com agitação lenta adicionar o item 03, item 04 e item 05 em água (item 06);

b) Em seguida adicionar o item 02;

c) Adicionar o item 01 mantendo a agitação lenta;

d) Manter agitação lenta de um dia para o outro.

Constam também matérias-primas de origem animal (sebo) em nosso portfólio, como o Polysoft AM 50 e o Polysoft AM 75, com alta performance no sequestro de partículas negativas dispostas na superfícies dos tecidos e responsáveis pela falta de maciez dos mesmos.

O Polysoft AM 50 é um quaternário de amônio, com características catiônicas.  Apresenta boa solubilidade em água a temperaturas ambientes. É um surfactante catiônico especialmente desenvolvido para uso em formulações de amaciante de roupas, e é compatível com surfactantes anfóteros e não-iônicos.

O Polysoft AM 50 possui pronunciado efeito anti-estático sobre as fibras celulósicas, excelente efeito de amaciamento e lisura no tratamento de tecidos em geral.

Uma grande vantagem de utilizar o Polysoft AM 50 é o processo para fabricação de amaciante que pode ser realizado a frio e com uma agitação moderada, dispensando qualquer tipo de aquecimento, gerando uma boa economia de recursos naturais.

O processo tradicional de refinarias de açúcar está na remoção de corantes e impurezas aniônicas, contidas no açúcar cristal ou demerara utilizado como matéria-prima, visando obter um produto de aspecto brilhante e baixo teor de cor.

A adição de um agente altamente catiônico de ação superficial, como Polysoft AM 50, contribui para intensificar e acelerar o processo de descoloração.

O modo de ação do produto é extremamente simples e consiste na interação entre um resíduo graxo, insolúvel em água e moléculas corantes, altamente solúveis em água, formando um complexo corante insolúvel de fácil remoção.

Quando se adicionam Polysoft AM 50 ao licor proveniente de açúcar derretido ou ao xarope, dá-se uma interação instantânea entre as cargas catiônicas do produto e as cargas aniônicas das impurezas solúveis na solução formando coágulos insolúveis e agregados de corantes que mediante uma carbonatação e fosfatação acumulam-se em flocos de fácil remoção.

Por outro lado a ação tensoativa de ação superficial do Polysoft AM 50, reduz tensão interfacial entre o ar incorporado e o meio facilitando a introdução de bolhas de ar aos flocos formados de maneira que sua separação por flotação ocorre de forma rápida mediante uma adição mínima de um agente aniônico de flotação.

Para processos tradicionais de amaciantes de roupas, recomendamos dosagens em torno de 2,0 – 3,5% de ativos, tendo sob essas condições excelente performance de amaciante e viscosidade do produto final.

Já para aplicações em refinarias o grau de descoloração obtido com o produto Polysoft AM 50 é proporcional à quantidade empregada, porém, essa quantidade é limitada pelo fator econômico e pela regulamentação.

As ótimas condições de dosagem do Polysoft AM 50 em refinarias de açúcar são específicas para cada unidade industrial, dependendo, muitas vezes, das características dos equipamentos e da qualidade do açúcar usado como matéria prima. Geralmente, dosagens de 200 a 500 ppm em relação aos sólidos proporcionam uma descoloração de 50 a 75% da cor do líquido derretido.

Para sistema de flotação de xarope dosagens de 30 ppm em relação aos sólidos do xarope contribui para acelerar a coagulação dos corantes melhorando a performance funcional do flotador e possibilitando descoloração de até 20% no xarope flotado.

Já o Polysoft AM 75 A é um quaternário de alquil aminas graxas secundárias hidrogenadas. Recomendado como ativo em formulações de amaciante têxtil, possui características catiônicas interagindo com as superfícies carregadas das fibras têxteis que compõem a maioria dos tecidos. O produto adere nas fibras dos tecidos, repelindo-as umas das outras por meio de um diferencial de carga, proporcionando uma sensação final de maciez e aumentado o tempo de vida útil dos tecidos.

O Polysoft AM 75 A é comumente utilizado nas dosagens entre 3,0 a 5,0%, adicionado na formulação final do amaciante têxtil.

Conclusão

Em suma, os amaciantes são produtos utilizados em lavanderias industriais e domiciliares, capazes de condicionar maior performance de maciez aos tecidos.

Esse momento de dificuldade econômica do Brasil está sendo encarado como uma oportunidade de crescimento e as consumidoras estão buscando produtos de qualidade com custo baixo. Assim, grandes empresas vem investindo pesado em pesquisa e desenvolvimento, a fim de conciliar essa relação ótima de custo x benefício.

Grandes inovações nesse setor vem sendo estudadas, como novas linhas para bebês e pessoas com pele sensível, assim como a criação de cápsulas super resistentes utilizadas em fragrâncias, implicando positivamente na livre concorrência e aumentando a qualidade desses produtos destinados ao consumidor final.

A Polyorganic dispõe de todo conhecimento técnico e comercial necessário para o desenvolvimento de amaciantes. Para maiores informações entre em contato em nosso atendimento.

Reader Interactions