Como Escolher o Melhor Aditivo Retardante a Chama para Espumas de PU

Aditivo Retardante a Chama para Espumas de PU

Você sabe que a Polyorganic é líder no mercado de anti chamas / retardante a chama no Brasil.

E para escolher um Aditivo Retardante a Chama para Espumas de PU, é muito importante determinar o tipo da espuma, como flexível, semi-flexível ou rígida e a aplicação a qual se destina.

O próximo passo é verificar qual norma de flamabilidade é necessário atender.

Como respondemos essa dúvida com frequência na Polyorganic, desenvolvemos a tabela abaixo para você saber as principais aplicações, normas, propriedades típicas, nome comercial e químico do produto.

 

ProdutoPropriedades TípicasAplicaçõesNorma pretendida
Poly TDCP-LS (Tris [2-Chloro-1-(Chlorometil) Etil] Fosfato)
  • Aspecto= líquido viscoso e incolor
  • Teor de Fósforo: 7.1%
  • Cloreto: 49%
  • Densidade: 1.512±0,005 g/cm³
  • Viscosidade25ºC 1500 – 1800 cps
  • Acidez: 0,07 mg/KOH/g
  • Água: 0,07%
  • Produto contém aditivo ii-scorch
  • Espuma flexível de PU
  • Versão estabilizada do TDCP
  • Redução do amarelamento causado por reações exotérmicas nos processos de espumação.
  • Resinas termoplásticas
  • MVSS-302
  • NBR 9178
  • Califórnia 117
  • UL94
Poly TCPP-LO (Tris (1-Cloro-2-Propil) Fosfato)
  • Aspecto= líquido viscoso e incolor
  • Teor de Fósforo: 9,5%
  • Cloreto: 32,5%
  • Densidade: 1.293±0,005 g/cm³
  • Viscosidade25ºC   65 – 72 cps
  • Acidez: 0,07 mg/KOH/g
  • Água: 0,07%
  • Indicado para Espuma Rígida de PU
  • Excelente estabilidade térmica e hidrolítica
  • Especialmente indicado ao atendimento a norma ASTM E-84 (Classe II)
  • Resinas de poliéster insaturada e fenólicas
  • Baixa viscosidade e boa compatibilidade com sistemas solvente.
  • MVSS-302
  • NBR 9178
  • UL94

Entre em contato com nosso atendimento para mais informações.

Reader Interactions